Viajar com medicamentos

-Os medicamentos que vão ser utilizados durante a viagem devem ser transportados na bagagem de mão, para não correrem o risco de se extraviarem;

-Mantenha os medicamentos dentro da embalagem original para evitar problemas com a Alfandega;

– Se os medicamentos exigirem prescrição médica, não se esqueça de transportar consigo a receita;

-Se toma algum medicamento de forma continuada, leve consigo a receita e atestado médico, de preferência em inglês;

-Lembre-se que determinado medicamento que costuma tomar pode ser comercializado no estrangeiro com outra marca, por isso, leve sempre o nome do princípio ativo do fármaco;

-Para obter mais informações sobre os medicamentos que são comercializados em Portugal pode consultar o site do Infarmed, onde vai encontrar o folheto informativo de todos os medicamentos;

-Transporte consigo um cartão que possa ser encontrado em caso de emergência e que identifique qual o seu grupo sanguíneo e se sofre de alguma doença crónica ou alergias;

-Deve elaborar uma lista com os números de emergência do pais de destino, caso venha a necessitar, nomeadamente número dos bombeiros, serviço nacional de emergência médica, hospitais, centro antivenenos, familiares e amigos próximos;

-Antes do início da viagem deve comprar um seguro de viagem que assegure a cobertura de despesas com hospitalização, medicamentos, tratamentos e repatriamento para o país de origem.

Farmácia do viajante e kit de primeiros socorros

Como prevenir a diarreia em viagem

Consulta de medicina do viajante

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *